Translate

sábado, 21 de abril de 2012

Benfica Vs Maritimo


Desde o apito inicial que se notou que ia ser uma tarde tranquila.
O benfica jogou a seu bel prazer e não por isso de estranhar que os encarnados tenham chegado a vantagem por intermédio de Nolito aos 15 minutos.
Boa jogada de Maxi, que deixou para Aimar que vê Nolito em melhor posição dentro da área e endossa a bola. O espanhol remata de primeira de pé esquerdo, sem hipótese para o guardião Peçanha.
O marítimo tentava recompor-se ainda do golo e já nolito festejava o 2º.
“Conejo” Saviola isola o espanhol que, à saída de Peçanha, faz um chapéu de belo efeito e bisa no encontro.
Com este segundo golo o benfica abrandou o ritmo da partida e jogava mais na expectativa do adversário, numa clara tentativa de chamar o adversário. Com mais espaço os maritimistas iam chegando com mais frequência ao último reduto do benfica, no entanto quer os defesas quer Artur foram solucionando.
o intervalo chegou e a vantagem do Benfica justificava-se plenamente.
Para a 2ª parte esperava-se um marítimo mais espevito, que reagisse à desvantagem, mas também se esperava um Benfica acutilante que matasse o jogo o mais rápido possível. Tal como o publico, o Benfica entrou murcho, entrando totalmente alheado do jogo. O marítimo entrou forte (como já se esperava) e começou a incomodar o guardião Artur. Primeiro por intermedio de Danilo, depois Roberto sousa através da sua meia distancia. mais tarde foi a vez de Robson e fidelis tentarem a sua sorte mas sem êxito.
Mas aos 52 Artur não pode fazer nada, Sami com um toque subtil, introduziu (com um pouco de sorte) a bola numa baliza deserta. Artur ainda saiu dos postes mas nada pode fazer. Estava feito o  2-1 e o Marítimo estava claramente por cima no jogo.
Jorge Jesus, o tal que subitamente já não presta para o Benfica, preparava então uma dupla substituição. Javi e Rodrigo  preparavam-se para entrar para os lugares de Aimar e Saviola.
Na primeira vez que o Brasileiro toca na bola faz golo (assistência de Nolito)
Isto é futebol!! Não acontece sempre e é isto que alguns adeptos deviam ter em mente! As vezes as substituições correm bem, outras não.
Com 3-1 o Benfica motivou-se e jogava já com outra alegria. Parecia retomar o bom futebol com que tinha iniciado a partida.





















O benfica não abrandou e mandava no jogo.
Adivinhavam-se mais golos e Nolito, que andava endiabrado, aos 69 min descobre Bruno César  que fez o que lhe competia e assim alterou o marcador. Estava feito o  4-1
Ate final o Benfica controlou o jogo.
Vitoria tranquila do Benfica que a jogar em casa fez a sua obrigação e despachou a equipa da Madeira com expressivos 4-1.
Nota de destaque para o espanhol Nolito.
Dois golos e duas assistências daquele que foi, em tempos, considerado um flop…
Gostava que o nosso treinador lhe desse mais minutos.