Translate

terça-feira, 27 de março de 2012

Benfica Vs Chelsea


Chelsea Kalou a Luz


Previa-se um jogo equilibrado.
no entanto, e sempre que uma equipa portuguesa defronta um inglesa, existe sempre uma esperança de vitoria para as cores lusas.
Acreditava-se por isso que o Benfica tivesse mais futebol que o Chelsea.
Surpreendentemente, o Benfica não entrou com a dinâmica que se esperava.
Com futebol muito previsível, o Benfica conseguia acercar-se a baliza de Petr Čech mas sempre sem muito perigo. O Chelsea por seu turno limitava-se a defender e a sair para o ataque com transições nada rápidas o que ia permitindo ao Benfica anular sem grandes problemas. No entanto o Chelsea tornava-se muitíssimo mais perigoso quando era o ex Benfica Ramirez a conduzir essas transições. Com uma velocidade estonteante, o internacional brasileiro era uma seta apontada ao flanco… de emerson. O nulo chegava ao intervalo.
Na segunda o benfica parecia entrar com outra vontade. Notava-se um pouco mais de velocidade mas no entanto, salvo alguma excepções, conseguia surpreender os blues.
O Chelsea continuava com as suas fileiras cerradas e defendia de forma perfeita, tapando todos os caminhos para a sua baliza. Os seus ataques eram esporádicos mas levavam mais perigo e com uma particularidade. Eram quase sempre feitos pelo lado de emerson.
 Aos 59 minutos um erro clamoroso do arbitro! Jogada de insistência por parte de maxi pereira que tenta colocar a bola no coração da área e John terry corta COM O BRAÇO.
Penalty sem qualquer margem para duvida, que nenhum dos 3 árbitros (em cima do lance), quiseram
assinalar.



 


Num dos raides do Chelsea, falha na defesa encarnada com Mata a aparecer na cara de artur, no entanto o internacional espanhol finalizou mal e acertou na trave.


Jesus mexe na equipa, faz sair Aimar e o Bruno César, entrando o
Matic e Rodrigo. O Benfica ficou a perder.
 Eu pessoalmente tiraria só B.césar e teria apostado num Nolito mais cedo, mas enfim, só o treinador saberá o que pretendia.
 Assim não quis o mister, e o espanhol entrou a 9min do fim…
Aos 75 min balde de agua fria na Luz.
Ninguém, absolutamente ninguém foi capaz de fazer uma falta. Primeiro emerson e depois Jardel falharam ao não parar o jogo.
 Torres foi pelo nosso lado esquerdo e ofereceu o golo a Kalou.
Futebol cinico!



Catenaccio puro e duro (não fosse roberto di matteo italiano)
O benfica tentou ate ao fim mas nunca teve arte para conseguir anular a vantagem inglesa.
Os encarnados mostraram que são superiores, tem futebol para assumir o jogo e pecaram onde não podiam, na finalização.
O Chelsea marcou um golo e teve a melhor oportunidade do jogo (bola a trave de Mata).
Goste-se ou não, o futebol é feito de golos, o Benfica dominou (umas vezes porque foi superior, outras porque o Chelsea deixou) mas não encontrou o caminho para as redes azuis, o Chelsea, com um toque italiano, defendeu com unhas e dentes e saiu sempre pela certa.
Vinham para o 0-0 mas a vitoria acabou por lhes sorrir.
Na europa nao chega dominar...