Translate

quinta-feira, 31 de maio de 2012

La final dels pals quadrats

Foi há 51 anos...
A 1ª Taça dos Clubes Campeões Europeus
Terça 31 Maio 1961
30' José Águas                                                     Sándor Kocsis 20'
55' Mário Coluna                                                  Martí Vergés 32' (p.b.)                           
                                                                           Zoltán Czibor 75'
                                                        
                                                          



Um peso - duas medidas

José Eduardo Simões foi condenado a seis anos e meio de prisão efetiva!
O presidente da Académica é acusado de:
Crime continuado de corrupção passiva para acto ilícito e outro de abuso de poder.
Nessa altura
José Eduardo Simões acumulava a Direcção do Urbanismo na CMC com a V.Presidênciae mais tarde Presidência da AAC-OAF...

Duas perguntas:

Qual é o critério desta justiça?
Qual é a diferença deste para o corrupto mor da cidade do porto??




terça-feira, 29 de maio de 2012

Pinto da Costa...outra vez!

Quatro anos depois de ter treinado a Seleção Nacional, Scolari rompeu o silencio e, em entrevista à RTP, relatou o que, até agora, permanecia como um dos grandes misterios da equipa das quinas, a não convocatoria de V.Baia.
Mais palavras para que...
Discurso directo:

«O presidente do FC Porto disse-me que ele [Vítor Baía] não estaria nos planos do clube, que não jogaria e que estava em conflito com o treinador [Mourinho] e com a Direção. A partir daí passei a olhar com outros olhos. Fiz as mesmas perguntas a pessoas que trabalhavam na Seleção antes de eu chegar e ouvi histórias sobre o balneário, comando e liderança e decidi que não iria convocá-lo»,  Scolari afirma ainda que expor o assunto na opinião pública seria afrontar «um dos maiores dirigentes» do futebol português.

«Não interessava esclarecer, porque seria uma guerra que poderia ter com um dos maiores dirigentes, uma pessoa que tinha influência na Seleção, como era o presidente do FC Porto»
e continua
«Todo o mundo sabe que ele [Pinto da Costa] tem grande influência. Pode opinar sobre jogadores, pode, numa conversa muito interessante com o presidente da Federeção, sugerir a ideia de jogar aqui ou ali»

 O que Scolari quis dizer é que não é burro nenhum e sabia o que lhe ia acontecer se fosse contra a vontade do Corrupto da Madalena e portanto deixou-se ficar e fez-lhes a vontade.

Uma onda de contestação levantou-se na internet retirando toda a credibilidade ao treinador brasileiro. Um dia chegou para dissipar toda e qualquer duvida.

Ps. Nenhum desmentido por parte do Corrupto...
Sim, o mesmo que festejou a derrota com champagne contra a Grécia..

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Pedimos desculpa por qualquer inconveniente!

Benfica campeão de basquetebol no antro e os corruptos não gostaram!

No final do encontro, e como já se esperava em caso de vitória, os corruptos não deixaram o Benfica festejar o titulo. Os tais que se ofenderam com apagões (e já nem quero falar do Braga) e regas soltaram os “animais” das bancadas (ao que parece a pedido do Marçal) e tornou-se inseguro permanecer em campo. Convém lembrar que não é a primeira vez que tal acontece…
Já em 2000 o Barcelona teve de abandonar o campo (com o corpo já quentinho de tanta porrada).
No meio de tanta confusão ainda podemos ver o corrupto mor a gritar com a policia!!
pergunto:
Se eu for a um pavilhão ou estádio e gritar assim com a policia será que vão ser assim tão compreensivos?!




E o que foi este la fazer para o meio da confusão?
Obviamente no fim, a culpa foi toda do Benfica! o Benfica provocou isto tudo
(tactica ja usada nos tuneis da luz onde agridem e dizem que a culpa é dos outros)
Estes corruptos são a vergonha de um pais!
São o clube do guarda Abel,  apitos dourados, das viagens ao brasil, dos cafés, das frutas, dos quinhentinhos, dos chocolates, dos atropelamentos, das esperas a treinadores, porrada em jogadores (ler com muita atenção), ácidos nos balneários, agressões a jornalistas...

SOMOS PORTO, SOMOS O LIXO DO DESPORTO NACIONAL!

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Um ladrão não deixa de ser ladrão por ir ao Papa!



Este é sem duvida O comunicado mais forte que o Benfica emitiu desde que me lembro ser vivo!
Finalmente foi dito, de forma oficial, aquilo que milhões pensam a respeito do clube mais corrupto do mundo!
O comunicado, que na minha opinião, abala de forma irremediável as estruturas do tal sistema corrupto a operar em Portugal, não pode cair no esquecimento! Para isso basta que LFViera se mantenha atento a todas as jogadas de bastidores e as torne públicas em tempo oportuno.
Aqui fica então:





sábado, 19 de maio de 2012

Senil volta a atacar



O senil corrupto voltou a atacar desta vez com um dos seus trunfos mais fortes.
A tal mentira que foi contada muitas vezes ao longo dos anos e que se tornou verdade…
Mas só na cabeça dos mais fraquinhos!!
Muito já se falou sobre o Benfica pertencer ao regime ou não!
Quase toda a gente sabe que não (com execpção dos adeptos do CORRUPT O DO PORTO)
No passado dia 15 no programa Trio d'Ataque o tema voltou a baila…
E teve uma resposta a altura... de um adepto do Scp.
Ficou quase tudo dito!
Ver desde o minuto 09.



sexta-feira, 18 de maio de 2012

500tinhos


Também acho que não é...
Essa dos QUINHENTINHOS já era...
Esta geração de arbitros vende-se por mais!
Arbitros e não só! O sistema está todo corrupto!! Até os observadores da liga são corruptos anti-Benfica, os tais que dão as boas notas que depois permitem os Proenças irem à final da Champions.

Cambada de corruptos sem vergonha!
Esta é a geração que faz tudo as claras porque sabem que são imunes á justiça!
Fazem o que fazem e são HOMENAGEADOS pela Associação de Futebol do porto (como vemos na foto em baixo)






E quando as coisas não estão a correr bem é só dar um toque para relembrar QUEM MANDA como podemos ver no video o Vitó a dizer ao Olarápio *
"CUIDADO"!


* (Genro do Garrido, antigo árbitro e actual funcionario do Porko)







































quinta-feira, 17 de maio de 2012

A coragem

Pela segunda vez
e num curto espaço de tempo
o presidente do Marítimo, Carlos Pereira teceu duras criticas ao presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) chamando-lhe de prepotente e egoísta, devido à postura assumida por Fernando Gomes no processo de alargamento da Liga portuguesa de futebol de 16 para 18 clubes.
Pelo meio não esqueceu os CORRUPTOS


 

«Verdade desportiva não é andar ao serviço de alguns, sendo servil da instituição que já serviu», voltou a acusar o líder do clube insular.
Convém lembrar que antes de ser presidente da Liga e da FPF, Fernando Gomes foi dirigente dos CORRUPTOS, os mesmos que se manifestaram contra o alargamento da Liga, uma proposta que foi chumbada pela segunda vez pela direção da federação na terça-feira.
O presidento do Maritimo também não esqueceu o estranho caso Cardinal e  referiu que só agora conseguiu perceber a receção que a equipa do Marítimo teve quando então jogou em Alvalade para a Taça de Portugal.
Diz o presidente ao jornal record:

«Fomos recebidos de forma hostil e só agora entendo o porquê. Receberam-nos com distância e autoritarismo, como se fôssemos malfeitores, num jogo relativo a uma prova em que queríamos continuar», sublinhou Carlos Pereira.

O vice-presidente do Sporting Paulo Pereira Cristóvão, ex-inspetor da PJ, e outras duas pessoas foram constituídos arguidos no âmbito de uma investigação por denúncia caluniosa qualificada em relação ao árbitro auxiliar José Cardinal.

Na base da investigação está uma denúncia feita pelo Sporting à FPF, na sequência de uma alegada informação anónima segundo a qual alguém na Madeira tinha depositado dois mil euros em dinheiro na conta bancária do árbitro auxiliar José Cardinal, e que levou a federação a apresentar queixa às autoridades.

Segundo uma fonte da investigação, o depósito terá sido feito por uma pessoa que está ligada profissionalmente ao vice-presidente do Sporting Paulo Pereira Cristóvão e terá, alegadamente, atuado para impedir que o árbitro auxiliar fizesse parte da equipa de arbitragem no encontro da Taça entre o Sporting e o Marítimo realizado no Funchal."

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Uma escola

Nova vaga de treinadores :

Braga - Leonardo Jardim
Olhanense - Sérgio Conceição
Paços de Ferreira - Fernando Couto
Académica - Pedro Emanuel
Rio Ave - Nuno Espírito Santo
Porto - Vító pereira
(e o paulinho santos mais 1 ou 2 anos e pira-se também para uma equipa pequena para prestar favores)

Todos eles com algo em comum....

FUTEBOL CORRUPTO DO PORTO
Mas há mais!
Uns com clube, outros sem, mas todos eles com a mesma escola

Carlos Brito,
Jaime Pacheco,
Jorge Costa,
Domingos Paciência,
António Sousa,
António Conceição,
José Mota,
Augusto Inácio
Eurico Gomes
Octávio Machado (duvido que este volte a trabalhar ou a fazer favores...)
António Oliveira
Rodolfo Reis
Paulo Alves
José Alberto Costa

domingo, 13 de maio de 2012

Será verdade??!!

Aparentemente, será Pedro Proença o homem escolhido para apita a final da champions league deste ano. Creio que é um prémio justo depois das brilhantes epocas que tem realizado...


Curiosamente, e a ser verdade que Proença vai mesmo ser o eleito, esta será a segunda final com um arbitro portugues!
A primeira foi em 28 de Maio de 1980 com António Garrido!
Ironia do destino...
Dois arbitros ligados ao Porto e os dois premiados!
Sim, Antonio Garrido é FUNCIONARIO DO FUTEBOL CORRUPTO DO PORTO!
É o tal que leva os arbitros ás marisqueiras e é o tal que é sogro do OLEGÁRIO BENQUERENÇA (Olegário esse senhor tão isento).
Que mundo tão pequeno...  E TÃO CORRUPTO!

O senil voltou parte II



Está tão senil que se esqueceu de mencionar, como sempre, os adeptos do Benfica e as suas respectivas mães...

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Mau d€ Finanças


Para hoje temos duas noticias que embora sejam distintas acabam por interligarem-se!
A primeira é que os CORRUPTOS  não pagam os serviços aos bombeiros.
Segundo as declarações  do presidente da Direcção dos Bombeiros Portuenses ao Correio da Manhã, Carlos Pereira afirma que "Há serviços particulares que não têm sido pagos dentro dos prazos, o que obrigou a que não fosse possível reunir a verba para o pagamento mensal." Confirmou ainda que um dos faltosos é o FC Porto (CORRUPTOS).
"É verdade que tem havido um atraso nos pagamentos aos bombeiros, mas é normal. Vão pagando à medida que podem", disse. Para Carlos Pereira, também o corte do subsídio da Câmara do Porto tem contribuído para a corporação passar por dificuldades."
Se por um lado ate posso admitir que é normal, por outro lado não deixa de ser estranho que os CORRUPTOS voltem a estar nas bocas do mundo por mais um calote.
Primeiro compraram jogadores que, supostamente, o Benfica queria e depois não tinham dinheiro para paga-los.
Depois foi a vez dos jogadores das modalidades reclamarem dinheiro para comer
e agora são os bombeiros.
Parece que aquilo anda mal a nível de finanças!!
Existem prioridades e nas antas a prioridade chama-se FRUTA!



A segunda noticia é que o empresário do hulk já veio chorar a dizer que chegou a hora do super heroi ser transferido.
Isto é tudo o que pinto da costa não quer ouvir. O peidoso sempre disse que o brasileiro é indispensável (e realmente tem sido… especialmente para bater os penaltys inventados ao longo da época…).
Se realmente hulk for embora, acredito numa época 2012/2013 cheia de “truques” na arbitragem… Sim, ainda mais.

quinta-feira, 10 de maio de 2012

O senil voltou!

É inacreditavel o crédito que ainda se dá a este peidoso!
Uma das pessoas mais corruptas de Portugal e, sem duvida, O dirigente mais corrupto da historia do futebol voltou a abrir a boca... e não foi para "entrar a mosca" ...
Diz o CORRUPTO que a estratégia das criticas dos dirigentes do Benfica foi importante para o porto...e para o seu sucesso?
Mas qual sucesso? o de um campeonato roubado?
Mas será que não existe em Portugal um jornal ou uma estação de televisão que consiga enfrentar este CORRUPTO com factos?
O CORRUPTO diz ainda que "A estratégia do FC Porto passa por uma coisa muito importante: não responder quando as pessoas querem, mas quando nós acharmos que é a hora", disse o líder portista."
Tem toda a razão!!
Lembro-me perfeitamente o momento em que o porto começou a chorar e a dizer para darem as faixas de campeão....
como diz Jorge Jesus
«A partir de determinado momento houve um vento contra que soprou muito forte».

Mas este noticia que saiu hoje no jornal Record adquire outra importancia, especialmente se tivermos em atenção este paragrafo:

"Isso faz parte de uma estratégia, arquitetada num almoço num hotel, antes de saírem no jornal 'A Bola' uma série de entrevistas, em que ficou combinado que o treinador Jorge Jesus daria uma entrevista a dizer aquilo que disseram por ele, que o responsável pela comunicação daria uma outra entrevista e que o responsável desportivo falaria na TV Benfica", disse o presidente da FC Porto"
A ser verdade que isto ocorreu, o que o CORRUPTO pretende é nada mais nada menos dizer que sabe muito bem o que anda a fazer o Benfica!
A ser verdade, quer dizer que alguem se "xibou"...
Aguardaremos pelos proximos capitulos.

Let's look at the trailer

Um grande trabalho!
Para outros grandes trabalhos clique aqui




terça-feira, 8 de maio de 2012

Jantarada de amigos


Muito se escreveu sobre o famoso jantar onde estiveram presentes Miguel Relvas, ter Pinto da Costa, Joaquim Oliveira, Fernando Seara e a mulher, Judite de Sousa.
Tudo isto no rescaldo da derrota do Benfica com o Porto, no jogo em que os corruptos ganharam em fora de jogo.
Aparentemente esta noticia teve já uma consequência!
Filipe Vieira ficou incomodado com este episodio e decidiu cancelar – E BEM- a participação do Benfica no torneio de Angola.
Esta teia de corrupção nojenta já se movimenta no sentido de passar a mão pelo pelo do banana Seara! Sim, porque este senhor está já a preparar-se para uma candidatura…
Vieira "não compreendeu" (e eu também não) como é que o ministro (adepto do Sporting), Fernando Seara (sócio do Benfica) e o detentor dos direitos televisivos dos jogos do Benfica se tivessem juntado a Pinto da Costa após uma partida que o FC Porto ganhou com um golo escandalosamente em fora-de-jogo.

Verdade ou Consequência?



Seguindo o trabalho que muitos outros bloguistas/benfiquistas tem feito, também eu quero dar a conhecer algo que há muito vou falando!
Não, não são os raros sorteios da taça de Portugal onde o porto joga sempre com equipas de inatel enquanto Benfica e Sporting vão eliminando equipas da 1ª…
È algo mais requintado! Algo que é de génio e que nunca ninguém ousou em falar publicamente!
Fica aqui então um quadro (que sinceramente já não me lembro onde roubei) que mostra o numero de vezes que os Corruptos jogam com uma equipa que acaba de defrontar o Benfica…
As vantagens/consequências deixo a imaginação de cada um…


Erro e mais erros...



Numa altura em que se comemora mais um titulo para os corruptos e numa altura em que a blogosfera Benfiquista faz contas a vida eis que alguém se deu ao trabalho de contabilizar alguns factos.
Falemos então desta época.
Foi o Benfica prejudicado esta época ao ponto de ter perdido 5 pontos de avanço?
Para quem viu os jogos fica a ideia que sim!
Para quem percebe de futebol fica a certeza que sim (se bem que também tenho a opinião que muitas das vezes não jogamos com a devida garra…)
 Fica então aqui um quadro com, pelo menos, os casos mais badalados!


Parece pouco! mas se tentamos fazer contas durante toda a epoca (que ainda não terminou) as coisas mudam, ainda mais, de figura!!
Falta aqui o jogo contra o Porto no estadio da Luz que foi o que todos nós sabemos!!
Obviamente dirão que o Benfica tambem terá sido benficiado!
Como sempre dizem que os grandes são mais benificiados...
Este ano não vi muito disso, mas ainda que possa aceitar essa afirmação, fica a pergunta:
Foi o Benfica tão beneficiado como prejudicado??
Se sim, que façam um quadro como este! mas com seriedade!


Amizades!


«TÍTULO DO FC PORTO É UM TRIBUTO AOS ÁRBITROS»




PARA QUEM NÃO LEU, AQUI FICA!!
«TÍTULO DO FC PORTO É UM TRIBUTO AOS ÁRBITROS»


- Quando faltam resultados é normal alguma desilusão e descontentamento, mas o que temos visto vai um pouco além disso, temos assistido, nas últimas semanas, nomeadamente no último sábado, a alguma contestação. Como comenta essa contestação?
- A crítica e a contestação são sempre legítimas, fazem parte de organizações que são democráticas, e desse ponto de vista temos de respeitar, perceber e, em alguns casos, aproveitar algumas dessas críticas. Neste clube, a unanimidade não se alcança, como em outros clubes, pela intimidação daqueles que discordam, ou que pensam diferentes, isso são práticas instituídas e assumidas noutras paragens.


- Quer concretizar a acusação?
- Creio que o Miguel Sousa Tavares ou próprio Rui Moreira estarão em melhores condições do que eu para fazer esse exercício, mas como estou aqui para falar do Benfica, vou tentar não me desviar. Hoje somos o clube que somos, exactamente por termos sabido construir a nossa história na diversidade de opiniões. É isso que nos diferencia de outros. Mas, atenção, também temos de saber diferenciar a crítica séria, da crítica oportunista. Aqueles que repetidamente aparecem apenas quando há uma conjugação de dois factores: ano eleitoral e resultados menos bons, esses senhores não são críticos, são oportunistas.



- Mas é normal que num ano eleitoral apareçam projectos alternativos?
- É normal e desejável, e todos beneficiam com isso, porque é evidente que há projectos e pessoas válidas fora da actual Direcção, mas o que já não é normal é que algumas pessoas já passaram pelo Benfica, que o afundaram, que, inclusive, foram responsáveis por abrir as portas a Vale e Azevedo, e com isso comprometeram anos da nossa história, pessoas que passaram por outros clubes e os deixaram à beira da falência e com ordenados em atraso, se apresentem agora como cinderelas imaculados, como se não tivessem passado. O problema é que o passado persegue-nos sempre, para o bem e para o mal.


- Está a referir-se a José Veiga, que criticou, duramente, Luís Filipe Vieira?
- Por acaso não era a ele que me estava a referir, mas José Veiga também tem um problema mal resolvido com o seu passado e o seu passado a nível de gestão também não é propriamente o mais recomendável, mas se ele acha que tem um projecto para o Benfica, vai ter tempo para o apresentar, o que não vale a pena é estar atirar pedras e a esconder a mão, porque esse tipo de comportamentos tem um nome...


- Está a dizer que a contestação a que temos assistido nos últimos jogos, nomeadamente no sábado, é manipulada?
- Tenho poucas dúvidas. Mas há uma coisa que vale a pena esclarecer, qualquer generalização é perigosa e os jornalistas muitas vezes caem nessa tentação. Não se pode tomar uma parte pelo todo, nem assumir que o comportamento de alguns representa todo o universo benfiquista, aliás viu-se claramente que não é assim, mas muitas vezes é a ideia que passa. As regras da democracia são claras, há quem critique a quem apoie, é tudo uma questão de escala. Temos manifestações de mais de 100 mil pessoas no Marquês de Pombal e depois vemos que as sondagens continuam a dar maioria aos partidos de governo. Sabe porquê? Porque a decisão pertence a mais de 8,5 milhões de eleitores e não a 100 mil pessoas. No Benfica é igual, o universo eleitoral é de mais de 200 mil sócios, independentemente de alguns serem mais ruidosos ou mais artistas com pinturas murais.


- Jorge Jesus é um dos principais alvos de contestação.
- A diferença entre as expectativas que havia e os resultados alcançados explica essa equação. Jorge jesus devolveu ao Benfica um futebol de qualidade como há muito já não víamos, trabalha bem os jogadores, tem uma marca, conseguiu fixar, nestes últimos anos, o Benfica na luta pelo acesso a meias-finais e finais das provas da UEFA, mas infelizmente não conseguimos o objectivo principal que era ganhar o título da Liga esta época. Nestas alturas temos sempre tendência para desvalorizar tudo aquilo que se conseguiu e maximizar o que não se conseguiu. É evidente que tudo seria diferente se tivéssemos ganho o campeonato, mas neste caso em concreto, não temos de mudar de treinador, temos é de mudar de árbitros.


- Jorge Jesus não parte fragilizado para a próxima época?
- O fundamental é que os níveis de ambição não tenham diminuído e tenho a certeza de que desse ponto de vista a ambição de Jorge Jesus é a mesma. Curiosamente acho que parte menos fragilizado que o treinador que ganhou o campeonato nacional, o que não deixa de ser um contra senso. Os treinadores dependem e sempre continuarão a depender de resultados e é evidente que Jorge Jesus será o primeiro a estar insatisfeito por não ter conquistado o campeonato, mas também é verdade que tem valor em tudo aquilo que foi feito nos três últimos anos e acho que as pessoas reconhecem isso.


- Mas também contou com o maior investimento de sempre nível do futebol?
- Isso é um elogio à gestão desta Direcção, porque se esse investimento foi possível é porque se trabalhou bem. Há uns anos isso não teria sido possível. Qual foi o investimento do Real Madrid o ano passado? E a quantos pontos ficou do Barcelona? Qual foi o investimento do Manchester City o ano passado? Podia dar muitos mais exemplos.


- Também alinha no discurso de que a arbitragem é responsável pela perda do título deste ano?
- Diria de outra forma. O título de campeão deste ano é um tributo da arbitragem ao FC Porto e o convite a Pedro Proença para apitar o jogo de sábado (FC Porto - Sporting) foi uma justíssima homenagem. A partir de um determinado momento foi evidente que o Benfica passou a ser prejudicado. É curioso que o ano passado o ataque verificou-se logo nas primeiras jornadas do Campeonato, este ano sucedeu o contrário, aconteceu tudo na parte final, mas tudo o resto foi exactamente igualmente descarado. Acho que a agressão ao Aimar na grande área da Académica ser transformada em falta atacante é um monumento ao descaramento.


- Vítor Pereira, o treinador do FC Porto, diz que esse tipo de justificações é assobiar para o lado.
- É uma afirmação tão válida como dizer que ele continuará a ser o treinador do FC Porto na próxima época. Assobiar para o lado é ignorar o que se passou nesta fase final do campeonato com algumas arbitragens.


- Acredita na intencionalidade desses erros?
- Há uma coisa em que não acredito: em coincidências. Um ano e meio depois de Olegário Benquerença ter feito o que fez em Guimarães, na época passada, volta a apitar um jogo do Benfica e fazer vista grossa de dois penalties que são verdadeiros casos de atropelamento e fuga na área do Rio Ave, não é coincidência. Dois anos depois do Pedro Proença ter transformado uma simulação descarado do Lisandro em penalty, no Dragão, ter, este ano, validado um golo em fora-de-jogo na Luz – mas atenção que não é um fora-de-jogo de centímetros, é de metros – outra vez num jogo contra o Porto. Tudo isto tem de começar a ser motivo para os responsáveis da arbitragem se interrogarem e começarem a fazer uma limpeza séria, isto se estiverem interessados em trazer verdade ao nosso futebol.


- Mas não há outro tipo de responsabilidade internas que tenham contribuído para isto?
- Seguramente que há, também houve erros que o treinador já reconheceu, mas por muito bom que um nadador seja, não consegue aguentar muito tempo a nadar contra a corrente e o que assistimos neste último terço do campeonato foi uma corrente demasiado forte.


- Os árbitros também têm direito ao erro, isso faz parte do futebol.
- O erro faz parte do futebol. Todos temos direito a errar, é a natureza humana, mas quando se erra prejudicando sempre os mesmos, isso já não são erros é manipulação. Portanto, repito o que já tinha dito há um mês, a classificação deste Campeonato está aldrabada e quando se concentram em pouco mais de cinco jogos tantos erros temos efectivamente de nos perguntar: como é possível?


- Está a sugerir uma acção concertada?
- Acho que como em tudo na vida há bons e maus profissionais, mas creio que o verdadeiro responsável por esta situação, não contando com o fraco carácter de algumas pessoas, é a Justiça portuguesa, porque efectivamente, há um par de anos, escancarou as portas à ideia de que valia tudo, de que algumas pessoas beneficiam de total impunidade e a verdade é que essas pessoas assustaram-se numa determinada altura, mas entretanto parece que tudo voltou a ser como era dantes. Faz sentido haver árbitros, a seguir a Guimarães, que nas reuniões técnicas, antes dos jogos, ameaçavam os responsáveis do Benfica?


- Ameaçavam como?
- Ameaçar talvez não seja a palavra certa. Intimidavam talvez seja a forma mais adequada de caracterizar a atitude de que, pelo menos, dois árbitros tiveram a seguir a Guimarães, nessas reuniões técnicas com os responsáveis do Benfica. Mas acho que essa deve ser uma preocupação, mais uma, que o senhor Vítor Pereira deve ter. É a ele que devem perguntar.


- Foi uma das pessoas envolvidas verbalmente nos incidentes da primeira volta no Estádio da Luz, no jogo com o Sporting. Já passou bastante tempo, como é que estão as relações com o Sporting?
- Apetecia-me dizer que estão em lume brando, mas elas efectivamente não existem e a culpa não é nossa. Não acredito que a maioria dos sportinguistas se revejam no que foi o comportamento de algumas pessoas responsáveis pelo clube na semana que antecedeu o jogo e no próprio dia do jogo. Não vi em San Mamés nenhum incómodo por parte dos adeptos que foram acompanhar a equipa com a rede atrás da qual assistiram ao jogo. Mas já agora, o mais estranho é que já passaram seis meses e o Conselho de Disciplina continua mudo.


- Mas houve uma decisão do Conselho de Disciplina.
- Apenas em relacção às responsabilidades do Benfica e onde fomos ilibados, mas em relação aos prejuízos e as respectivas sanções para os responsáveis por tudo o que sucedeu, nada, zero e já lá vão, como lhe disse, seis meses. Isto não é normal e coloca em causa a estabilidade da competição e a confiança dos agentes desportivos num órgão que devia julgar com celeridade. Essa é, aliás, uma das principais razões para a existência de órgãos de jurisdição desportiva.


- O Benfica espera uma sanção pesada para o Sporting?
- O Benfica esperava que o Conselho de Disciplina agisse, mas pelos vistos pedir muito. Vou dar-lhe um exemplo: na Grécia, e já não falo de Espanha ou Inglaterra ou Itália, houve incidentes semelhantes num Panatinaikos-Olympiakos, em Março. Em menos de uma semana os órgãos jurisdicionais da federação grega decidiram. O Panatinaikos perdeu pontos, foi obrigado a pagar uma pesada multa e a jogar alguns jogos à porta fechada. Tudo isto na Grécia, aqui parece que a única preocupação real do Conselho de Disciplina foi punir o Aimar com dois jogos. E é assim que querem erradicar a violência no futebol?


João Gabriel, in A Bola