Translate

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Jesus e os media corajosos

Terminado o jogo contra o vitória de Guimarães, os jogadores deslocaram-se até a zona do adeptos do Benfica. Fizeram-no, como sempre, a pedido do treinador Jorge Jesus.
Aqui queria começar por explicar a ideia que tenho desde há muito tempo.
Jesus é um treinador de raízes bastante humildes! Jesus sabe perfeitamente que a maioria da massa adepta do Benfica passa dificuldades para acompanhar a sua equipa de norte a sul e dai fazer questão de brindar os adeptos.
Nesta noite tudo isto se justificava!!!
Alguém faz ideia do que é ser Benfiquista no norte do pais??Neste jogo, porém, a coisa correu mal.
Entusiasmados com a vitória, os jogadores do Benfica decidiram oferecer as suas camisolas.
Gesto que acho bastante digno e que até devia ser obrigatório.
Porquê?
Primeiro porque é das poucas maneiras que os jogadores e equipa técnica tem de reconhecer o apreço e esforço de uma massa que passa por todo o tipo de dificuldades para estar presente e ver a sua equipa e segundo porque muita dessa gente gostaria de ter uma camisola de determinado jogador e muitas vezes não pode.
Não poder por causa disto:



Ter de pagar 72 ou 80€ por uma camisola de futebol é um roubo quase tão grande como os roubos do Proença! Com esse dinheiro pode-se ir varias vezes ao futebol.
Isto serve um pouco para explicar a cegueira de alguns adeptos para conseguir um Manto Sagrado.
Parece idiota, mas as vezes o factor económico, no seio dos adeptos, também é importante.
Posto isto, voltamos a Guimarães.
Os jogadores agradeceram e enquanto tiravam as camisolas alguns adeptos não resistiram a tentação de obter uma camisola grátis e invadiram o campo.
Os seguranças colocaram cobro à situação.
Jesus e alguns jogadores do Benfica não gostaram do que viram e foram tentar separar e impedir que a violência continuasse.
No meio da confusão, os ânimos exaltaram-se e as coisas podiam ate ter ido a algo mais grave não fosse a intervenção do staff técnico e ate mesmo de alguns jogadores do Benfica que iam pedindo calma aos adeptos.
Aqui neste vídeo que só mostra a parte final, vemos isto:



Aqui vemos realmente um contacto físico no braço do policia e na cara! sendo que na cara o movimento coincide também com outro movimento de braço do treinador adjunto aceitando-se que tenha existido toque sem intenção.
Muito já se escreveu e opinou sobre este assunto. Houve até quem dissesse que foi tudo premeditado e que Jesus só fez isto para cair nas boas graças dos adeptos.
Pois bem, fica aqui o vídeo que mostra algo completamente diferente.



Este vídeo mostra como Jesus é o ultimo da "comitiva" e não tem qualquer intenção de agredir ninguém e que tudo aconteceu daquela maneira porque apenas quis proteger um adepto da brutalidade policial.
(sim, não é o seu dever)

Brutalidade

Quem vai ao futebol conhece muito bem este senhor!




O agente Vargas (como é conhecido Luis Vargas) é bastante conhecido em Lisboa.
Nomeadamente entre adeptos leoninos com quem partilha pequenos espaços com não mais de duas pessoas onde os espanca a seu bel prazer.
Este senhor tem já no seu ficheiro várias agressões e várias idas a tribunal onde ultimamente tem ficado mal na fotografia tentando acusar pessoas de estarem num estádio quando na realidade se encontravam bem longe a trabalhar. Esta credibilidade deu-lhe a possibilidade de acompanhar agora as claques do Benfica (umas vez que já está impedido a não estar com as do Sporting).
Se eu e muitos outros benfiquistas sabemos disto, então haverá gente na estrutura do SLB que também o sabe!
É importante que tudo isto seja usado contra este senhor não só para proteger os adeptos (sejam scp ou slb) mas também para proteger o nosso treinador.
A juntar a isto tudo, parece que o senhor também meteu ao bolso o relógio de JJesus.


BALANÇA DESEQUILIBRADA

Este episódio foi, aos olhos de muita gente, um sacrilégio!
Algo que jamais poderia passar!
Algo que jamais ocorreu em Portugal.
No entanto, estes media tão rápidos e corajosos em criticar o Jorge Jesus e o Benfica são os mesmos que assobiam para o ar para não falarem de agressões a colegas de profissão, agressões em vários estádios (o ultimo foi no Estoril) os mesmos que são agredidos em estádios ou á saída da SIC. Os mesmos que viram a equipa do Barcelona de hóquei sair à pressa para evitar um linchamento em pleno rinque. Os mesmos que observam Pinto da Costa a gritar na cara da PSP e quase não saiu nas noticias...



Os mesmo que fingem não ver os constantes benefícios ao Porto e os mesmos que esquecem a famosa marcha dos super dragões para levar os seu presidente corrupto a tribunal (que seria resgatado em caso de condena).
São muito corajosos e todos remam para o mesmo lado!
No entanto o YouTube revela-se, a cada dia que passa, uma ferramenta incrível que ajuda a dissipar muita coisa.
Vejamos então o jogo do ano passado entre o Porko e o Benfica.
Kelvin marca e... veja você mesmo a partir do 1:01
Onde é que está a policia?
Ou melhor, como actua a policia? Quem tem a verdadeira autoridade?
Tirem as vossas conclusões!


Eu sou do tempo em que o Benfica ia ás Antas e aquilo era um terror (sim, muito mais do que agora) e a policia nem piava! muito pelo contrario! A policia no Porto, TAL COMO AINDA HOJE, é sempre passiva e tolerante...
Será por isto (2:06)??