Translate

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Juventus 0 - SL Benfica 0 (2ª Mão da meia-final da Liga Europa 13/14)

Com uma vantagem mínima obtida no estádio da Luz (2-1) o Benfica deslocava-se a Itália para defrontar a Juventus na sua casa num jogo que se esperava tremendamente difícil.
Aos 2 minutos....



Penalti claro por assinalar.
Ao contrario do esperado o Benfica entrou a dominar e colocou desde logo um ritmo intenso porventura surpreendendo os jogadores da  "Vecchia Signora" .
A jogar em casa a Juventus equilibrou a partida e o jogo não sendo brilhante tinha uma intensidade alta tornado a partida numa meia final bastante interessante.

Empurrado pelo seu publico a Juve tomou conta do jogo a partir dos 20 minutos com o Benfica a defender estrategicamente espaços importantes que impediam os italianos de chegar à igualdade na eliminatória que estatisticamente apresentava factos interessantes:
A Juve ainda não tinha perdido nos seis jogos europeus em casa desta temporada (três vitórias e três empates), mas apenas não sofreu golos numa ocasião. Por seu turno também o Benfica ainda não tinha conhecido o sabor da derrota nesta competição.
Seria sem duvida um jogo equilibrado!
Aos 45+1 grande oportunidade para a Juventus.
Pogba coloca em Asamoah que cruza tenso para Vidal cabecear com muito perigo! Tão perigoso que Oblak estava batido, os adeptos da Juventus já se preparavam para festejar... Mas não festejaram!
Não festejaram por culpa de Luisão que desviou a bola em cima da linha.




A primeira parte chegou ao fim com o 0-0 no marcador.
A Juventus era superior, tinha mais bola, mais remates (11 contra 2 do Benfica) mas não encontravam o caminho do golo.
O Benfica com maior ou menor dificuldade ia conseguindo parar a equipa da casa e estava agora a apenas 45 minutos de conseguir um lugar na final em... Turim.

A segunda parte foi igual à primeira.
A Juventus mais pressionante, com mais bola, com mais tentativas na busca do golo com um Benfica a sair para o ataque pela certa levando sempre muito perigo, colocando os italianos em constante alerta.
Aos 67 minutos Enzo Pérez recebe o segundo cartão amarelo e é expulso por falta sobre Vidal.

Esperavam-se 20 minutos de sufoco!
 Embora com alguma pratica a jogar com menos um elemento, o Benfica tinha agora um teste de fogo:
Jogar 20 minutos com menos um elemento, numa meia final da Europa, fora de casa com a Juventus.

Aqui meus senhores, também aqui, podemos ver realmente o que valem estes jogadores e o que vale o trabalho do nosso treinador.

BRILHANTE!

Aos 80 minutos a Juventus chegou ao golo mas valeu...


Até final tempo para uma expulsão de Markovic muito mal explicada e um cartão amarelo a Salvio que o afastava da final!
Aos 90+8 o arbitro dignou-se a terminar o encontro com um 0-0 permitindo que o Benfica festejasse o apuramento para a segunda final consecutiva da Liga Europa.




A final está marcada para 14 de Maio neste mesmo estádio!