Translate

domingo, 31 de agosto de 2014

Benfica 1 - Sporting 1 (3ª Jornada da Liga Nos)

Sem sofrer um golo do Sporting no estádio da Luz (para o Campeonato Português) desde 2007, as estatísticas pendiam para o lado do Benfica.
O Benfica alinhou com Artur; Maxi, Luisão, Jardel, Eliseu; André Almeida, Enzo, Talisca; Salvio, Lima e Gaitán.
Foi uma partida intensa com periodos bem distintos.
Nos minutos iniciais, o Benfica entrou melhor.
Apesar do susto logo aos 2 minutos em que
na sequência do canto, Slimani desvia ao lado depois de uma saída da baliza totalmente aos papeis de Artur, o Benfica foi para cima do adversário e começou a criar perigo.
Aos 5 minutos Patricio evita o primeiro golo do Benfica em duas ocasiões, na primeira após livre cobrado por Talisca e poucos segundos depois a remate de Luisão.
Mas aos 11 minutos Patricio não pode fazer nada.
Excelente jogada do Benfica com Salvio a fugir a Jefferson na direita, deu para Maxi Pereira que deixou Gaitán no centro da área e este atirou para golo.




O Benfica jogava bem e ia criando perigo deixando prever que o segundo golo podia aparecer a qualquer instante.
No entanto não foi isso que aconteceu.
Aos 19 minutos Artur decide repetir um erro de outrora e oferece, num lance ridiculo, o golo do empate ao Sporting.
O brasileiro recebeu a bola de Eliseu e depois faz o mais difícil: atira contra Carrillo!
Já em cima da linha de golo e sem oposição Slimani só teve de cabecear para o fundo das redes.
Estava feito o 1-1 e pior que tudo isso, a insegurança demonstrada por Artur passava agora para a restante equipa.




O Sporting empolgou-se com o empate (e com a queda de um recorde de muitos anos) e soltou-se criando dificuldades.
O intervalo chegou com um empate que em certa parte se justificou.
No segundo tempo o Benfica entrou novamente forte e dispôs de oportunidades suficientes para resolver o encontro:

* Aos 48 minutos cria o primeiro lance de perigo.
Gaitan cruza para Sálvio e este à entrada da área remata ligeiramente ao lado.

* Aos 59 minutos Lançamento lateral longo de Salvio e cabeceamento de Jardel, para defesa de Patrício

* Aos 61 minutos Remate de Enzo, de fora da área, ligeiramente ao lado.


*
Aos 62 minutos Lima centra a bola para a zona da marca de penálti onde está Salvio sozinho, no entanto o argentino não aproveita e o melhor que consegue fazer é rematar à figura de Patrício!


* Aos 64 minutos
cabeceamento de André Almeida (na sequência de um canto de Talisca) para uma grande defesa de Patricio.


* Aos 66 minutos Lima na esquerda cruza tenso, com Sálvio a aparecer ao segundo poste, de carrinho, mas a falhar a baliza...

Esta onda de oportunidades é interrompida aos 71 e 73 minutos para duas defesas de Artur a remates de
Jefferson e Nani.
Poucos minutos depois o Benfica voltava à carga...

* Aos 79 minutos Cabeceamento de Gaitan ligeiramente por cima da barra...


*Aos 85 minutos depois de tirar Jefferson do caminho, Salvio fica solto no lado direito da área e tenta picar a bola sobre Rui Patrício...este defende.
Seria a ultima grande oportunidade do Benfica neste encontro.

Curiosamente o ultimo lance de grande perigo pertenceu ao Sporting por intermédio de

Slimani que aparece ao segundo poste a rematar de pé esquerdo para uma grande defesa de Artur.



Depois de uma primeira parte intermitente onde o Benfica (muito por culpa de Artur) permitiu o Sporting marcar e sonhar os pupilos de J.Jesus foram donos do jogo no segundo tempo e o Benfica só não arrecada os 3 pontos em disputa por manifesta infelicidade... Alguém pensou em Cardozo?