Translate

domingo, 21 de setembro de 2014

Benfica 3 Moreirense 1 (5ª Jornada da Liga Nos)

Um jogo que era encarado pelos Benfiquistas como de baixo risco e onde a única expectativa que havia para esta partida era saber se Jesus iria usar Júlio César na baliza Benfiquista, o que acabou mesmo por acontecer. Era a sua estreia com o manto sagrado.



Á frente de Julio Cesar jogaram Maxi, Luisão, Jardel, Eliseu; Salvio, Enzo, Samaris, Gaitán; Talisca e Lima.

Extremamente bem organizados, o Moreirense de Miguel Leal apresentou-se na luz sem complexos e logo no primeiro minuto deu sinal de perigo com um cabeceamento de
Alex que saiu ao lado.
Passados apenas 15 minutos o Moreirense não falhou!
Arsénio cruza da esquerda e João Pedro aproveita a má colocação (como quase sempre) de Eliseu para de cabeça bater o estreante Júlio César.

Esperava-se uma reacção do Benfica mas esta nunca chegou. O Benfica era previsível e lento em tudo o que tentava fazer.
A jogar em casa, Jesus fez o que era expectável:
retirar um médio e colocar um jogador na frente de ataque.
O que se podia fazer do banco estava feito! Agora era com os jogadores...

O Benfica melhorou processos mas ainda assim muito longe do que pode e deve fazer.
Seria já no minuto 45 o primeiro grande sinal de perigo por parte dos homens de Jesus.
Salvio em esforço ainda consegue atirar à baliza, no entanto o poste devolveu o empate e o Moreirense foi para os balneários com a vantagem mínima no marcador.
Na segunda parte tudo parecia estar na mesma. O Moreirense bastante solto não ia permitindo grandes veleidades à equipa do Benfica, até que ao minuto 57 Marcelo Oliveira vê, e bem, o segundo cartão amarelo e deixou a sua equipa a jogar com 10 elementos.
Este foi o momento em que o Benfica pegou no jogo e foi para cima do adversário e aos 69 minutos surgiu, por fim, o golo da igualdade.
E QUE GOLO!



Apenas 7 minutos depois o Benfica dava a volta ao marcador.
Após cruzamento de Gaitan, a bola sobra ao segundo poste para Maxi Pereira que fuzilou as redes do Moreirense fazendo o 2-1 festejando depois como um macaco, ou em espanhol, mono




A 7 minutos do fim grande penalidade para o Benfica.
Anilton tocou na perna de Lima quando este corria na direção da baliza.
Penalti bem assinalado pelo arbitro e bem executado por Lima que assim voltava aos golos!



O jogo terminaria pouco tempo depois com uma vitoria do Benfica por 3-1.
Jogo de fraco nivel (em especial na primeira parte) por parte do Benfica que na segunda parte foi indubitavelmente mais forte após a expulsão.
Jogando bem ou mal, a verdade é que o Benfica está em primeiro lugar do campeonato.
Ainda é muito cedo e estar em primeiro lugar (com tão poucos pontos de avanço) não significa quase nada, mas é sempre motivador!
Já diz o povo, "candeia que vai à frente alumia duas vezes"

Resumo aqui
Gifs roubados aqui