Translate

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Benfica 1 - Rio Ave 0 (9ª Jornada da Liga Nos)

Depois da derrota em Braga era importante que o líder regressasse rapidamente às vitórias.
Nada melhor que um jogo em casa para regressar ao trilho certo.
Na impossibilidade de contar com os lesionados Jardel, Ruben Amorim, Sílvio, Fejsa, Ola John e Eliseu para este jogo contra o 5º classificado, Jesus lançou o seguinte onze inicial:

Tal como se esperava o Benfica teve uma entrada forte e conseguiu subjugar o Rio Ave rapidamente que se limitava a um jogo de contenção apostando em transições rápidas que no entanto não tiveram sucesso.
Á passagem dos 16 minutos o primeiro grande sinal de perigo do Benfica.
Lima remata forte, mas o guarda-redes defende!

Um minuto mais tarde
Enzo rompe pela área após boa jogada de Jonas, atira á baliza, mas Cássio estava atento e defendeu uma vez mais.
Os lances de perigo foram surgindo de forma natural dado o caudal ofensivo do Benfica no entanto Cássio estava inspiradissimo e sempre que foi chamado respondeu bem e ia evitando o golo.
O unico remate do Rio Ave acabaria por acontecer aos 36 minutos com
Wakaso a rematar forte para uma boa defesa de Julio César.

Até ao final da primeira parte o Benfica dispôs de mais duas ocasiões para inaugurar o marcador, mas tanto Lima como Talisca não concretizaram e o Benfica foi para o intervalo com um empate a zero.
No segundo tempo Jesus lançou Gaitan (que teve assim 45 minutos de descanso) para o assalto final à baliza de Cássio.


O Benfica voltou a entrar muita bem na partida e continuava a dominar o jogo.
Logo aos 47 minutos livre cobrado por Lima com a defesa de Cássio e na recarga Gaitan atira ao lado.

No minuto seguinte Gaitan faz miséria na esquerda e centra para a area onde Sálvio atira de cabeça ao lado.

Cheirava a golo na Luz e esse apareceu aos 60 minutos.
Talisca, em posição frontal, manda um missil e abre o marcador.


Em desvantagem a equipa de Pedro Martins subiu no terreno e começou a criar as primeiras dificuldades ao Benfica.
Apenas 8 minutos depois lance duvidoso (na cabeça de alguns) e que vai gerar polémica.



Uma simples foto com um telemóvel à televisão.
Sem pontos de fuga, sem nada. Uma simples foto.
Vamos só usar a linha da grande área...
É óbvio que está fora de jogo!
Quem quiser fazer disto um lance em que o Benfica foi beneficiado está à vontade.

O encontro prosseguiu na mesma toada com um Rio Ave a tentar responder mas com o Benfica sempre a ser mais forte e a aparecer com alguma facilidade nos últimos 20 metros da equipa verde e branca.

E num desses lances de insistência, temos isto:



Por muito perto que seja, aquela não é uma posição dita normal de um braço...
Existe um movimento e portanto...ficou um penálti por assinalar aos 74 minutos.

Aos 81 minutos nova oportunidade com Cássio a evitar o 2-0 sobre a linha e aos  86 Tarantino cabeceia com muito perigo.

Estas foram as ultimas oportunidades para cada lado.
Vitória justíssima do Benfica que peca por muito escassa muito por culpa de Cássio que se exibiu ao mais alto nível no estádio da Luz.