Translate

domingo, 18 de janeiro de 2015

Maritimo 0 - Benfica 4 (17ª jornada da Liga Nos)

Deslocação à Madeira representa perigo.
É já uma tradição.
Para este encontro Jesus alinhou com:
Júlio César, Maxi Pereira, Luisão, Jardel e Eliseu; Salvio, Samaris, Talisca e Gaitan; Jonas e Lima.

O jogo começou equilibrado com ambas equipas a sentir algumas dificuldades para penetrar nas principais zonas de acção.

Seria ainda assim o Benfica a criar a primeira grande ocasião aos 16 minutos por intermédio de Jonas.
Na marcação de um livre, o brasileiro atira colocado e obrigou José Sá a voar para evitar o primeiro golo.

José Sá no entanto nada pode fazer dois minutos depois.
Grande passe de Ola John, enorme receção de Salvio que, pressionado por Bauer, controlou com o pé direito e rematou facturanto assim o sexto golo na Liga.

Aos 43 e já com cartão amarelo, Talisca faz isto...



Uma estupidez que podia e devia ter resultado em expulsão.
O jogo foi para intervalo com um magro mas justo 0-1.

No inicio do segundo tempo nada de novo e seria mesmo o Benfica a chegar ao segundo golo da noite.
Boa abertura de Talisca a lançar Ola John que espera pela saída de José Sá para, com o pé esquerdo, picar-lhe a bola por cima. Estava feito o 0-2 e Ola John que havia entrado para o lugar do lesionado Gaitan era, para já, o homem do jogo com uma assistência e um golo.
Apenas 3 minutos depois o Benfica volta a marcar!
Jonas abre na direita, Salvio desmarca-se já no interior da área e coloca a bola junto ao primeiro poste. Até parecia fácil!
Estava feito o 0-3 e o jogo estava já no bolso.

Ao minuto 58 mais uma mostra de classe do guarda redes do Benfica...
Grande remate de Danilo colocado ao angulo superior, com Júlio César a desviar, com a ponta dos dedos, para a barra!

Aos 63 minutos chegou o 4 e ultimo golo do Benfica.
Grande trabalho de Jonas sobre a direita, combinação com Salvio que assiste Lima para fazer o mais fácil. Jogada de Playstation.

Antes de terminar a partida tempo ainda para a expulsão de Talisca após e
ntrada dura (claramente à procura do segundo amarelo).
O brasileiro cumpre assim castigo na Taça da Liga e poderá jogar em Paços de Ferreira.


Vitória justa do Benfica que conseguiu tornar o jogo fácil. No entanto convém não esquecer que o Benfica podia e devia ter disputado toda a segunda parte com menos um jogador uma vez que Talisca devia ter sido expulso.

Entretanto, Jorge Jesus venceu o seu jogo 300 no Benfica:

300 jogos
210 vitórias
47 empates
43 derrotas


Péssimo!