Translate

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Paços de Ferreira 1 - Benfica 0 (18ª jornada do Campeonato Nacional)





Após a derrota do Porto na Madeira, o Benfica fortemente apoiado, como já é habito, tinha uma oportunidade de ouro para colocar o campeonato no bolso e enfrentar daqui a duas jornadas o Sporting ainda com mais tranquilidade e sem quaisquer riscos.
Isto tudo no plano teórico.
Na pratica, falhamos!
Jesus alinou com:
Júlio César, Maxi Pereira, Luisão, Jardel, Eliseu, Salvio, Samaris, Talisca, Ola John; Lima e Jonas.

O Benfica entrou muito bem na partida e logo aos 6 minutos quase chegava ao primeiro. Assistência de Sálvio com Jonas a surgir ao primeiro poste mas a rematar para fora.

Aos 17 minutos Ricardo coloca mão à bola e Bruno Paixão assinalou grande penalidade.
Chamado a bater, Lima atirou com estrondo à barra.

Aos 23 minutos Sálvio vai à linha de fundo e tenta cruzar com a bola a desviar nas pernas de Ricardo e a embater no poste.

Foi preciso esperar pelo minuto 29 para ver um lance de perigo para a baliza do Benfica.
Cicero, após a cobrança de um canto, aparece sozinho na cara de Julio César, no entanto o imperador negou o golo e manteve o resultado num 0-0 resultado que as equipas levaram para o balneário.

No segundo tempo e quando todos esperavamos uma demonstração de força do campeão nacional, eis que o Benfica brinda os seus adeptos com uma segunda parte sem garra, estranhamente sem motivação suficiente (ou será que eram os do Paços que estavam anormalmente motivados?!)

Ainda assim o Benfica ia criando alguns lances de perigo como foi o caso do cabeceamento à barra de Lima aos 60 minutos.

O jogo foi-se arrastando e a equipa do Paços fazia das "tripas coração" e chegava cada vez com mais perigo à baliza do Benfica.
Até que ao minuto 90 e sem qualquer duvida, o arbitro marca penalti contra o Benfica.
Eliseu, quem mais!
Numa entrada que tem tanto de desnecessária como de imprudente, varreu Hurtado já dentro da area.

O Paços não falhou e impôs assim uma derrota ao Benfica.

Este post começou (e terminará) com fotografias das bancadas.
Não foi ao acaso!
O Benfica, depois de conhecer o resultado do Porto e jogando praticamente em casa, TINHA OBRIGAÇÃO DE VENCER e deixar os corruptos a 9 pontos!
Tivemos oportunidades mais do que suficientes para além do penalti!
Sei que há lesões, mas não há cansaço! Somos melhores que o Paços e tínhamos de vencer!
Só estamos em duas frentes e uma vitória hoje arrumava praticamente a discussão do campeonato.
Falhamos uma oportunidade de ouro e não se respeitou as várias centenas de adeptos/sócios presentes na Mata Real!

 Segue-se a recepção ao Boavista e deslocação a Alvalade.
Na casa do Sporting só dois resultados são possiveis: Vitória ou Empate.