Translate

domingo, 15 de fevereiro de 2015

Benfica 3 Setubal 0 (21ª jornada da Liga Nos)

Cerca de 40.000 nas bancadas para ver o seu Benfica novamente com o Vitória de Setubal mas desta vez para o Campeonato Nacional.
Para este encontro Jesus voltou a mexer na equipa e entrou com:



Como era de esperar e face aos ultimos encontros desta época, o Benfica era super favorito para este jogo e portanto esperava-se um jogo tranquilo.
Assim foi.
No entanto logo nos minutos iniciais o Vitória lança ataque rápido que chegou a area de Artur. Rambé acaba por cair na área no duelo com Jardel. O árbitro mandou seguir e bem!
Não existiu qualquer falta neste lance. Ainda assim fica o reparo:
Jardel tinha o lance controlado e colocou a baliza em perigo de uma forma infantil ao permitir que Rambé voltasse a "entrar" no lance..
O Benfica impôs facilmente o seu ritmo e era senhor do jogo  e não foi por isso de estranhar que aos 9 minutos chegasse à vantagem.
Canto de Pizzi para o primeiro poste, onde aparece Jardel!
O brasileiro saltou mais alto e rematou de cabeça para o fundo das redes.
#jardelresolve estava de volta!



Ainda alguns adeptos festejavam o golo de Jardel e já o Setubal respondia com um "cabeceamento" perigosíssimo!



Artur defendeu e o jogo prosseguiu como nada de anormal tivesse acontecido!
Pouco tempo depois seria Salvio a criar novo lance de perigo que no entanto saiu por cima da baliza de R.Batista.
Aos 22 minutos novo lance de perigo para a baliza do Vitoria.
Cruzamento da esquerda, bola chega a Maxi, que remata forte para Miguel Lourenço cortar já em cima da linha de golo.

Adivinhava-se o segundo golo que efectivamente apareceu aos 40 minutos de jogo.
Assistência de Ola John da esquerda para Lima que de primeira atira para o fundo das redes.
Um lance que não devia ter acontecido uma vez que Ola John ganha o lance em falta...



Com o resultado em 2-0 a primeira parte acabaria pouco tempo depois com o Benfica a levar uma vantagem justa e que apenas pecava por escassa tendo em conta o caudal ofensivo.

No segundo tempo tudo igual mas desta vez o primeiro lance de perigo pertenceu ao Benfica.
Bola chega a Lima, na esquerda da área, que remata forte e rasteiro, para defesa de Ricardo Baptista.
Este lance seria uma copia fiel desta segunda parte com o Benfica a colecionar algumas oportunidades mas com a bola a não entrar ou por intervenção de Ricardo Batista ou por manifesta falta de sorte.
Foi preciso esperar pelo minuto 71 para gritar-se golo do Benfica.
Salvio ganha na direita, entra na área e cruza de pronto para remate de cabeça em mergulho, de Lima, de cabeça, para o fundo das redes.
Já não via um golo assim desde o golo de Marcelo (lembram-se?)



Até final da partida tempo para mais duas ocasiões claras de golo que o Benfica desperdiçou.
Vitória clara, justa e indiscutível do Benfica que apenas peca por escassa.
Com esta vitória o Benfica segue na liderança com mais 4 pontos que o clube corrupto e mais 9 que o Sporting que não foi além de um empate com o Belenenses.